LEIAM OS NOSSOS BLOGS

sábado, 22 de novembro de 2014

RADIALISTAS DE CARUARU DEFINEM PRIORIDADES DO II ENCONTRO NO ALTO DO MOURA

COMITIVA DE RADIALISTAS DE CARUARU ESTEVE REUNIDA NESTA TARDE DEFININDO PRIORIDADES PARA O II ENCONTRO DOS PROFISSIONAIS DO RÁDIO QUE SERÁ REALIZADO NO ÚLTIMO SÁBADO DO ANO. O LOCAL ESCOLHIDO EM 2014 PARA A REALIZAÇÃO DO EVENTO FOI O CLUBE ÁGUIAS DO AGRESTE, LOCALIZADO NO ALTO DO MOURA, AQUI NA CAPITAL DO AGRESTE. 

O ENCONTRO INICIAL ACONTECEU NO TERMINAL RODOVIÁRIO DA CIDADE. EM SEGUIDA, SE DESLOCOU ATÉ O ALTO DO MOURA, ONDE VERIFICOU AS DEPENDÊNCIAS E INSTALAÇÕES INTERNAS DO REFERIDO CLUBE, ONDE FORAM TOMADAS AS PROVIDÊNCIAS PRELIMINARES COM RELAÇÃO AO EVENTO.
NA OPORTUNIDADE, FICOU ESTABELECIDO QUE HAVERÁ UMA OUTRA REUNIÃO DESSE PORTE E FICOU ESTABELECIDA A DATA DE 20 DE DEZEMBRO VINDOURO - UMA SEMANA ANTES DA REALIZAÇÃO DO ENCONTRO PARA QUE SEJAM ULTIMADOS OS PREPARATIVOS CONCLUSIVOS DO NOVO ENCONTRO DOS COMUNICADORES DA CAPITAL DO AGRESTE E DA REGIÃO.

A REUNIÃO ACONTECEU ESTA TARDE NO ALTO DO MOURA. ESTIVERAM PRESENTES: RONALDO MELO, LUCIANO MENEZES, CLÓVIS GONÇALVES E BATISTÃO. TRATAMOS DOS DETALHES REFERENTES AO II ENCONTRO DOS RADIALISTAS EM CARUARU QUE ACONTECERÁ DIA 27.12.2014 NO CLUBE ÁGUIAS DO AGRESTE, NO ALTO DO MOURA. FICOU ACERTADO QUE O CARDÁPIO SERÁ UM CHURRASCO E QUE CADA PARTICIPANTE PAGARÁ R$ 100,00, POR PESSOA.


A CONFIRMAÇÃO DE QUEM IRÁ PRA O ENCONTRO SE DARÁ ATRAVÉS DO DEPÓSITO DE R$ 100,00, POR CADA PESSOA QUE CADA UM LEVAR E O DEPÓSITO TERÁ QUE SER FEITO ATÉ O DIA 10 DE DEZEMBRO NA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL C/C 23.144-0 * AG 0051 * OP 001 – TITULAR: JOSÉ BATISTA DE OLIVEIRA.

OUTRA COISA, É BOM QUE FIQUE CLARO, QUE NÃO HAVERÁ DEVOLUÇÃO DA QUANTIA DEPOSITADA. JÁ QUE O MONTANTE, SERÁ INVESTIDO NA COMPRA DAS MERCADORIAS. SE POR ALGUM MOTIVO, A PESSOA NÃO PUDER IR AO ENCONTRO, NÃO HAVERÁ DEVOLUÇÃO DO MESMO.

JÁ ARRECADAMOS ATÉ O MOMENTO, O MONTANTE DE R$ 500,00 PROVINIENTE DO DEPÓSITO DOS COMPANHEIROS: RONALDO MELO R$ 200,00 REFERENTES AO PAGTº. DA TAXA DELE E DE SUA ESPOSA, R$ 100,00 DE CLÓVIS GONÇALVES, LUCIANO MENEZES E BATISTÃO, RESPECTIVAMENTE.

SOLICITAMOS A TODOS OS COMPANHEIROS QUE QUANDO CONFIRMAREM SUA PRESENÇA NO EVENTO FAZENDO SEU DEPÓSITO, POR FAVOR, GUARDEM O COMPROVANTE E NOS AVISEM (BATISTÃO) PELO CELULAR 9779-8464 0U 9726-8840 AMBOS DA TIM, PELO WHATSAPP E PELO FACEBOOK, PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS, POSTERIOR.

TODOS OS PROFISSIONAIS DO RÁDIO ESTÃO SENDO CONVIDADOS E OS  QUE QUISEREM PARTICIPAR DO EVENTO INDEPENDENTEMENTE DE PREFIXO OU MESMO SE SÃO DA NOVA OU VELHA GERAÇÃO DO RÁDIO DEVEM NOS PROCURAR COM UMA CERTA ANTECEDÊNCIA PARA QUE GARANTAM A SUA VAGA E NOS AJUDEM A DAR UM COLORIDO ESPECIAL A NOSSA FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO. OS CONTATOS PARA RESERVAS ESTÃO ANOTADOS NA PARTE SUPERIOR DESTA MATÉRIA. 



TAMBÉM NA REUNIÃO FICOU ACORDADO QUE CONFECCIONAREMOS UMA CAMISA, PARA MARCAR O EVENTO. ESTA SERÁ DE BOA MALHA E SOB MEDIDA, NO ENTANTO SERÁ OPCIONAL E TERÁ UM PREÇO QUE IRÁ VARIAR ENTRE 20 E 30 REAIS. SÓ APÓS CONHECERMOS OS CUSTOS DE PRODUÇÃO DA MESMA, É QUE IREMOS ANUNCIAR O SEU VALOR REAL. TAMBÉM FAREMOS UM BINGO NO DIA DO ENCONTRO DE RADIALISTAS 27.12.14. BREVEMENTE, DAREMOS MAIS INFORMAÇÕES DO MESMO.
 

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Técnico Laelson Lima esboça o time do Central para o duelo contra o CSA.

Central realiza último coletivo nesta sexta-feira, antes do amistoso contra o CSA (Foto: Vital Florêncio / GloboEsporte.com).

Titulares foram definidos no coletivo realizado no Estádio Lacedão, em Caruaru.

O técnico do Central, Laelson Lima, começou a esboçar a equipe principal para o amistoso contra o CSA, no próximo sábado. O primeiro duelo entre as equipes será no Estádio Lacerdão, às 20h. O treinador realizou o primeiro coletivo no campo do jogo contra o time alagoano.

Com isso, a equipe titular ficou com: Beto; Fabinho, Sinval, Everton e Madona; Diego Teles, Luiz Fernando, Fernando Pires e Sóstenes; Rodolfo Peter e Roberto Pitio. Com o esquema 4-4-2. Após a definição, o treinador alvinegro destacou a importância do amistoso contra o CSA.

- A ideia do jogo é justamente colocar em prática todo o trabalho que está sendo desenvolvido nos treinamentos. Será colocado o time à prova, além de melhorar o entrosamento.
 
A segunda partida entre pernambucanos e alagoanos, será realizada no dia 29 de novembro, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, às 16h. O Central fará um novo coletivo na tarde desta sexta-feira, no Lacerdão. 

Por Caruaru, PE.

Ypiranga-PE faz primeiro amistoso da pré-temporada contra o Serrano-PB.

Amistoso do Ypiranga-PE será realizado no Estádio Limeirão, neste domingo, contra o Serrano-PB (Foto: Daniel Gomes).

Confronto visa o Pernambucano e será neste domingo, às 16h, no Estádio Limeirão.

Visando a preparação para o Campeonato Pernambucano, o Ypiranga-PE marcou o primeiro amistoso da pré-temporada.

Neste domingo, enfrenta o Serrano-PB, no Estádio Otávio Limeira Alves, o Limeirão. O duelo será às 16h. Os primeiros mil ingressos serão vendidos ao preço de R$ 10,00, na bilheteria do estádio. 

Segundo o vice-presidente do clube, Zé Nelson, a intenção é fechar outro amistoso para encerrar o ciclo dos preparativos para o Pernambucano. De acordo com ele, o adversário ainda não foi definido, mas o confronto deverá ser no próximo domingo, dia 30 de novembro.

A Máquina de Costura estreia no estadual contra o Pesqueira, em casa, no dia 7 de dezembro, às 16h.

Por Santa Cruz do Capibaribe, PE.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Alta no setor da construção civil aumenta procura por curso de engenharia.



O crescimento no setor da Construção Civil tem aumentado a procura pelo curso de engenharia civil em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Apesar da crise internacional e da economia brasileira estar desacelerada, o setor tem apresentado crescimento e vem absorvendo mais profissionais.


O Mercado Imobiliário de Caruaru é o segmento da economia que está em ascensão. Basta uma vista aérea e panorâmica da cidade para que seja constatado o fato. Com tantos empreendimentos imobiliários sendo construídos na área urbana da Capital do Agreste, um profissional bastante requisitado, está sendo o Engenheiro Civil. 

É ele, o profissional apto, a projetar, planejar, coordenar, executar e fiscalizar qualquer tipo de edificações. Como todas as outras profissões, o Engenheiro que quer se manter no mercado tem de se qualificar.

Atualmente, Caruaru dispõe de três faculdades: duas particulares e a Federal que ofertam cursos de Engenharia Civil. E em função desse fato, o curso é bastante procurado por causa da abrangência de atuação profissional, devido os seus diversos segmentos: como área de estrutura, construção civil, geotécnica, recursos hídricos. O que faz com que o aluno que entra no curso de Engenharia, ele pode seguir por diversas áreas técnicas. 

Não só em Caruaru, mas Pernambuco, como um todo, está absorvendo  essa mão de obra técnica superior especializada. 

Hoje em dia, o curso de Engenharia Civil, tem se transformado na grande perspectiva de crescimento  profissional de diversos jovens que estão investindo no seu futuro, estudando nas diversas faculdades que oferecem essa oportunidade aos estudantes em todo interior do Brasil.

Núcleo SJCC/Caruaru Do NE10 Interior.

Gabarito oficial do Enem sai até quarta; veja o que fazer com o exame.

Confusão em escola da Grande Natal envolveu a Polícia Militar  (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi).

Enem 2014 bateu recorde com mais de 6,2 milhões de participantes.
Segundo o edital, gabarito pode ser divulgado em até três dias úteis.

O gabarito oficial da edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado até quarta-feira (12). Neste ano, o exame do Ministério da Educação bateu recorde com a participação de mais de 6,2 milhões de candidatos, segundo dados divulgados pelo próprio MEC na noite deste domingo (9). No total, 8,7 milhões de pessoas se inscreveram para a prova, mas o índice de abstenção foi de 28,6%, abaixo da taxa de 29% registrada na edição anterior. O número de pessoas que fizeram as provas foi cerca de 24% mais alto que em 2013, quando 5 milhões de candidatos compareceram ao exame.


Em 2014, pelo menos 1.519 pessoas foram eliminadas durante a aplicação das provas. Desses, 236 foram eliminados por uso de celular, disse o ministro Henrique Paim. As provas foram aplicadas em 1.752 municípios. Mais de 17 mil detectores de metal foram espalhados pelos locais de prova de todo o país para tentar combater qualquer tentativa de fraude.

Em entrevista à imprensa, após o encerramento das provas, em Brasília, ele disse que o número total de eliminações ainda pode subir, após remessa de informações atualizadas.

Veja o que os jovens ouviram antes de entrar para a prova do Enem

"Nós temos registro na sala de aula que vão aparecer mais à frente", afirmou, citando como exemplos de causas, uso de relógios, tentativas de fraude ou perturbação nos locais de prova. Para ele, o processo de logística do Enem está consolidado. "Temos sem dúvida alguma um exame que abre cada vez mais oportunidades para jovens e trabalhadores do país. É uma política que vem gradativamente sendo melhorada."
Folha do caderno do Enem com a proposta de redação sobre publicidade infantil (Foto: Reprodução) 
Redação do Enem foi sobre publicidade infantil
(Foto: Reprodução)
Professores elogiaram Enem

As provas do Enem 2014 foram elogiadas por professores de cursos pré-vestibulares ouvidos pelo G1. Em ciências humanas, aplicada no sábado (8), os docentes consideraram a prova bem contextualizada e com textos mais curtos e diretos. A prova de ciências da natureza, principalmente nas questões de química, privilegiou os candidatos que se prepararam para o exame, segundo eles. Alguns temas da cultura "pop" que foram citados nas questões foram o personagem Cebolinha, da Turma da Mônica, criada pelo cartunista Maurício de Sousa, e o Pequeno Príncipe (veja a íntegra da prova).

No domingo (9), a prova de matemática teve menos cobrança de conteúdo e exigiu mais interpretação dos candidatos. As questões de linguagens mantiveram o "estilo Enem", explicaram os professores: enunciados com textos longos e interdisciplinaridade. Neste ano, muitos autores consagrados da literatura brasileira apareceram nas questões, como Gregório de Matos, Augusto dos Anjos, Machado de Assis, Guimarães Rosa e Manuel Bandeira. Além disso, vários cartunistas tiveram charges inspiradoras de questões, como Will Leite, do Paraná. Uma questão abordou o MMA, modalidade de artes marciais.

A prova de redação teve como tema a "Publicidade infantil em questão no Brasil". Para os professores, o tema refletiu a tendência do Enem de fugir das efeméridas e temas com grande repercussão midiática recente. Também no segundo dia  (veja a íntegra da prova).

Nos dois dias do exame, os candidatos usaram as redes sociais para comentar as provas e bolaram memes e piadas que estiveram entre os assuntos mais comentados.
Morte, parto e falta de luz

Neste ano, uma mulher morreu logo após entrar em seu local de provas em Olinda (PE). Segundo seu marido, Edivânia de Assis passou mal poucos minutos após entrar na escola onde prestaria o exame. No domingo (9), o ministro Henrique Paim lamentou a morte e afirmou que o MEC está prestando assistência à família. "Nós lamentamos profundamente, mas ao mesmo tempo que nós nos solidarizamos com a família", disse.

Paim afirmou, ainda, que o Enem registrou um parto nesta edição. Segundo ele, a candidata Maria Valdênia Alves Vieira entrou em trabalho de parto dentro do local de provas e deu à luz uma menina em Caucaia (CE). "Nós queremos dizer que nós tivemos também um nascimento de uma criança, que é a Júlia", informou Paim.

Houve ainda candidatos que não puderam fazer o segundo dia de provas por causa de falha no fornecimento de energia elétrica no local de provas. Isso aconteceu na Escola Estadual Eldah Bitton, na Zona Oeste de Manaus, e na escola das Dunas, em Extremoz, cidade da Grande Natal. Além disso, o horário de verão foi um detalhe de que muitos candidatos esqueceram e, por isso, o primeiro dia de provas teve muitos atrasados em diversos estados.

Nota deve sair em janeiro

Sisu e Prouni são algumas das opções para quem prestou o Enem 2014 (Foto: Reprodução/Inep) 
Sisu e Prouni são algumas das opções para quem prestou o Enem 2014 (Foto: Reprodução/Inep).
Segundo o ministro da Educação, as notas do Enem 2014 devem ser divulgadas em janeiro de 2015. O exame, maior do tipo no país e um dos maiores do mundo, pode ser usado de diversas formas:

Seleção para universidades

As notas do Enem são usadas para selecionar os candidatos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino. As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que terá a primeira edição de 2015 em janeiro, ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio. O Sisu já recebeu a adesão da maioria das universidades e institutos federais e, na última edição, ofereceu mais de 170 mil vagas.

Programa Universidade para Todos (Prouni)

Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni, que varia de 50% a 100% do curso de uma instituição de ensino superior privada, o candidato precisa ter obtido nota mínima de 400 pontos no Enem, entre outros requisitos. Desde 2004, quando foi criado, o Prouni já ofereceu mais de 1,2 milhão de bolsas de estudo em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Financiamento estudantil (Fies)

Estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e queriam solicitar o Fies devem ter feito Enem, caso contrário, não poderão solicitar o benefício. Não há nota mínima obrigatória. Estão isentos desta exigência os professores da rede pública de ensino. Pelo Fies é possível financiar os cursos de graduação bem avaliados junto ao MEC. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Ele pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso e em qualquer mês. Em agosto deste ano, o governo afirmou haver assinado o milionésimo contrato do Fies.

Ciência sem Fronteiras

O programa de intercâmbio do governo federal prevê oferecer, até 2015, 101 mil bolsas de estudo para intercâmbios no exterior destinado a alunos de graduação e pós. A partir de 2013, o Enem, antes usado de mandeira classificatória no programa, passou a ser obrigatório aos alunos interessados nas bolsas de estudo da graduação-sanduíche. Para participar, é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2009 e conseguido a média mínima de 600 pontos. Os candidatos também são avaliados de acordo com seu aproveitamento acadêmico na universidade.

Certificação do ensino médio

Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o ensino médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação. Desde 2009, quando o Enem ganhou a função de conferir o certificado, o número de candidatos que solicitaram a certificação do ensino médio triplicou: foi de 197.991 naquele ano para 997.131 em 2014.

Do G1, em São Paulo.

No Recife, tema da redação surpreende e divide opiniões.

Amigos discordam sobre o nível de dificuldade do tema, mas todos dizem ter se surpreendido (Foto: Anna Tiago/G1).

Candidatos tiveram que dissertar sobre a publicidade infantil.
Estudante acha que textos de apoio não ajudaram a esclarecer o tema.

O tema da redação da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste domingo (9) surpreendeu muitos candidatos no Recife. O assunto “Publicidade infantil em questão no Brasil” dividiu opiniões. O estudante Gustavo Queiroz, de 17 anos, foi um dos primeiros a deixar o prédio da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), na área central da capital. Ele esperava outro tema, mas não se decepcionou. “Gostei bastante, escrevi bem, mas demorei fazendo o rascunho”, diz.

Jaciele Ferreira, 17, tenta uma vaga no curso de direito e também aprovou a redação. “Gostei do tema, apesar de pensar que seria sobre drogas. Só achei que o espaço no rascunho era pouco, pois tinha que ser dividido para a redação e para a prova de matemática”, afirma.

Iza Torres, 22, e Ivete Fernandes, 48, fizeram prova na mesma sala e ambas concordaram que o tema foi totalmente inesperado. “A redação foi mais ou menos, não era o que eu esperava. Pensava que seria algo sobre o lixo, por causa das polêmicas que vêm acontecendo. Fiquei muito surpresa”, declara Iza.
Iza Torres e Ivete Fernandes fizeram a prova na mesma sala e concordam que o tema foi inesperado (Foto: Anna Tiago/G1) 
Iza Torres e Ivete Fernandes fizeram a prova na mesma sala e concordam que o tema foi inesperado (Foto: Anna Tiago/G1)
 
Um grupo de quatro amigos discutia o tema após sair do local de prova. “Pensava que ia ser mais difícil, o tema foi razoável e achei a prova de ontem mais fácil, porque não teve matemática”, alega Darlan de Lima.

Para Gustavo Lima, os textos de apoio não ajudaram para entender o tema. “Os três textos falavam de questões mundiais e o tema era sobre o Brasil. Achei a redação deste ano bem pior que a do ano passado”, ressalta. O amigo Helmiton Júnior também reclama. “Não gostei, o tema não tinha nada a ver com o que a gente esperava”, reclama. O único qe discordou sobre a dificuldade do tema foi Breno Luiz Ferreira, que, com 14 anos, fez a prova por experiência. “Achei que não foi esse bicho de sete cabeças. Foi inesperado, mas achei legal e eu sabia falar sobre isso”, garante.

COMO FUNCIONA A CORREÇÃO

Um bom texto para ganhar nota 1.000 deve cumprir bem cinco competências exigidas pelo Enem. Cada competência tem cinco faixas que vão de 0 a 200 pontos.

Competência 1: Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita.

Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação.

Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
 
A redação será corrigida por duas pessoas de forma independente. A nota total de cada corretor corresponde à soma das notas atribuídas a cada uma das cinco competências.

Se houver discrepância entre as notas dos dois corretores por mais de 100 pontos, ou se a diferença de suas notas em qualquer uma das competências for superior a 80 pontos, a redação vai para um terceiro corretor.

Caso não haja discrepância entre o terceiro corretor e os outros dois corretores, ou caso haja discrepância entre o terceiro corretor e apenas um dos corretores, a nota final do será a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximarem.

Se a nota do terceiro corretor tiver diferença equidistante das notas dos outros dois corretores, ou se for completamente diferente, a redação será avaliada por uma banca de três avaliadores que dará a nota definitiva.

Sobre o exame

A edição de 2014 do Enem termina neste domingo (9) com uma maratona de até cinco horas de duração e três provas. Mais de 8,7 milhões estão inscritos. Em Pernambuco, 432.981 estudantes se inscreveram no exame.

Neste domingo, o Enem teve provas de matemática, linguagens e códigos, com 45 questões cada, e uma redação. Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep até a próxima quarta-feira (12). Já o resultado individual deverá ser divulgado em janeiro de 2015.

O G1 traz a cobertura completa do Enem 2014 em todo o Brasil. A partir das 18h no sábado e das 19h no domingo (horário de Brasília), os estúdios de São Paulo, do Rio e do Recife darão início a um programa em vídeo ao vivo com professores do Curso e Colégio de A a Z, do Rio, e do Projeto Educação, da Globo Nordeste, no Recife, e estudantes que fizeram o Enem.

Eles comentarão os níveis de dificuldade de cada uma das provas, o tema da redação e os pontos mais polêmicos que caíram no Enem. Candidatos que fizeram a prova poderão participar do programa enviando perguntas e comentários pela página da cobertura completa do Enem no G1.

Do G1 PE

domingo, 9 de novembro de 2014

Em Olinda, candidata do Enem morre minutos após chegar ao local de prova.

Colégio Santa Emília, onde candidata do Enem passou mal e morreu antes de começar a prova (Foto: Anna Tiago / G1).

Mulher passou mal e chegou a ser atendida pelo Samu, mas não resistiu.
Segundo o marido dela, causa da morte foi um AVC hemorrágico.

Uma mulher de 31 anos que faria o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) morreu no local de prova, neste sábado (8), em Olinda. Ela estava acompanhada do sobrinho e passou mal poucos minutos após entrar no Colégio Santa Emília, no bairro de Jardim Atlântico. Os seguranças do prédio ainda acionaram o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que chegou ao local em dez minutos e realizou os primeiros socorros, mas a candidata não resistiu.
 

Como o colégio possui duas unidades no mesmo bairro, inicialmente a mulher teria se dirigido ao prédio errado. Ao perceber que se enganou, saiu correndo e acabou desmaiando no portão do local onde, de fato, iria fazer a prova. Funcionários do colégio ainda a ajudaram a retomar os sentidos, mas não tiveram sucesso. A mulher era comerciante e morava no bairro de Águas Compridas, também em Olinda. De acordo com o marido, ela teve um AVC hemorrágico.

“Ela estava correndo e, assim que entrou, passou mal, no portão da escola. O Samu ainda atendeu, mas ela não resistiu. Foi muito triste”, disse a comerciante Rosane Nunes, que trabalhava em frente ao colégio no momento do ocorrido.

Segundo testemunhas, o sobrinho da mulher ficou em estado de choque. As provas no Colégio Santa Emília foram aplicadas normalmente. O corpo da candidata de 32 anos foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, no bairro de Santo Amaro, região central da capital pernambucana.

Em nota, o Ministério da Educação lamentou a morte da candidata e se solidarizou com a família dela.

Leia abaixo a íntegra da nota:

O Ministério da Educação (MEC) lamenta profundamente a morte da participante do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 Edivania Florinda de Assis, ocorrida neste sábado, 8, em Olinda, no Colégio Santa Emília, onde faria as provas. Nesta oportunidade, o MEC se solidariza com a sua família.

Do G1 PE.

Candidatos do Enem postam fotos dos cartões de resposta no Instagram.

Quem for identificado será eliminado do exame.
MEC monitora as redes sociais para evitar fraudes.

Assim que os portões do Exame Nacional do Ensino Médio foram fechados, às 13h de Brasília deste sábado (8) começaram a aparecer fotos de cartões de resposta do Enem nas redes sociais. Quem for pego tirando fotos será eliminado do Enem. No ano passado, 34 candidatos foram excluídos do Enem por terem postado fotos.
O Ministério da Educação vai monitorar as redes sociais para identificar os candidatos que postaram fotos de dentro das salas de prova. "Fazemos um monitoramento contínuo", diz o presidente do Inep, Francisco Soares, em entrevista coletiva na sexta-feira.

O uso de telefone celular nas salas de prova é proibido segundo o edital do Enem. O candidato deve deixar o telefone em envelope transparente e lacrado que deve ficar embaixo da carteira. Este ano, os mais de 17 mil locais de prova do Enem tem detector de metais que poderão ser usados a qualquer momento a critério dos fiscais de sala.
“O celular terá que estar guardado em um porta-objetos. Se o aluno acessar algum eletrônico para qualquer uso, será automaticamente excluído. Equipes farão esse monitoramento dentro e fora das salas”, reforçou Soares.

O uso e a posse de eletrônicos fora do porta-objetos que será oferecido na porta da sala é um dos critérios de eliminação. O estudante também não pode utilizar durante a prova óculos escuros, artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro e similares), materiais vetados como lápis, borracha, lapiseira, caneta não transparente. A lista completa está no edital do exame.

Do G1, em São Paulo.

Enem teve 65 inscritos eliminados por uso indevido do celular.

MEC monitora a postagem de fotos relacionadas ao Enem nas redes sociais.
No ano passado, 34 candidatos foram excluídos por terem postado fotos.

O Ministério da Educação divulgou neste sábado (8) que 65 inscritos no Enem 2014 foram eliminados por uso indevido de telefone celular. O MEC e seus parceiros institucionais monitoraram pelas redes sociais as postagens relacionadas ao Enem.

De acordo com o edital do Enem, o uso de celular nas salas de prova é proibido. Na hora da prova, os candidatos devem deixar os aparelhos eletrônicos em um envelope fornecido pelos fiscais, que deve ser lacrado e deixado embaixo da carteira.

Um dos critérios de eliminação da prova, segundo o edital, é o uso e posse de eletrônicos fora do porta-objetos. No ano passado, 34 candidatos foram excluídos por terem postado fotos.
Este ano, os mais de 17 mil locais de prova do Enem tiveram detector de metais que foram usados a critério dos fiscais de sala.
Também estava proibido o uso de óculos escuros, artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro e similares), materiais vetados como lápis, borracha, lapiseira, caneta não transparente.

Do G1, em São Paulo

Criança morre afogada em cisterna de um metro de profundidade em Caruaru.

Cisterna tem mais de um metro de profundidade
(Foto: Reprodução/ TV Asa Branca).

Acidente ocorreu no Posto Agamenon, em Caruaru, no Agreste do estado.
Pessoas que estavam em casa achavam que o menino estivesse dormindo.

Uma criança de um ano e três meses morreu afogada em uma cisterna nesta sexta-feira (7) no Posto Agamenon, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, tinham quatro pessoas em casa no momento do acidente e todas afirmaram pensar que o menino estivesse dormindo com o irmão em um quarto da residência. O reservatório, que tem mais de um metro de profundidade, fica na casa da avó dele e estaria tampado com uma tábua de madeira, ainda segundo a polícia.

A PM seguia para uma ocorrência, quando foi abordada pela mãe da vítima. Os policiais tentaram reanimá-la, mas constataram a morte. A Polícia Civil descarta a possibilidade de crime e afirma que foi uma fatalidade. A família foi orientada a prestar esclarecimentos na delegacia.

Do G1 Caruaru.