LEIAM OS NOSSOS BLOGS

quarta-feira, 4 de março de 2015

Eduardo Baptista: “o campo duro do Central atrapalhou o toque de bola do Sport”.



Em função da cômoda situação do Sport na tabela até então quando estava 08 pontos de diferença pra o segundo colocado que era o Central, bem como devido ao desgaste físico do elenco o técnico Eduardo Baptista ousou na estratégia e poupou 08 titulares para a partida do último domingo diante do Alvinegro aqui na Capital do Agreste.


Na oportunidade não acompanharam a delegação rubro-negra até a Capital do Agreste, os titulares: Magrão, Éwerton Páscoa, Durval, Renê, Rithely, Rodrigo Mancha, Diego Souza e Joélinton.

O lateral direito Alex Silva estava escalado para a partida mas de última hora foi sacado da delegação de uma vez que sentiu uma lesão muscular na coxa direita e foi vetado pelo DM do Leão da Ilha. Em seu lugar o técnico Rubro-negro requisitou Victor que fazia parte da relação dos titulares poupados.

A intenção de Eduardo Baptista foi na tentativa de poupar atletas para o difícil compromisso desta noite em Sergipe diante da Socorrense, jogo válido pela Copa do Nordeste que o Sport lidera o grupo B.

O Sport lidera o grupo B da Copa do Nordeste depois que ganhou os pontos no tapetão da derrota que sofreu em São Luís para o Sampaio Correia de 3 X 2. A equipe do Maranhão colocou o volante Narcísio Ramos Silva – Curuca de forma irregular. O Leão da Ilha recorreu ao STJD e o Sampaio foi punido com a perda de 06 pontos e agora amarga a lanterna com menos um ponto.

Ano passado, o Botafogo-PB perdeu também 04 pontos por colocar 02 jogadores irregularmente diante do Sport Recife: o volante Pio e o atacante Thiaguinho. Referidos atletas só tiveram seus nomes divulgados no BID da CBF no dia seguinte à partida.

No domingo aqui em Caruaru, o Sport acabou sendo derrotado por 1 X 0, perdendo a invencibilidade até então no Campeonato Pernambucano desta temporada, bem como também o Central terminou um tabu de não vencer seu adversário aqui em Caruaru que já havia 12 anos.
Após o jogo o técnico Eduardo Batista, na coletiva, analisou desta forma o resultado negativo aqui em Caruaru...

terça-feira, 3 de março de 2015

Fabiano Tanque espera ansioso para explodir aqui em Caruaru.



Artilheiro em quase todas as equipes em que jogou como Nacional de Manaus, Cabofriense, Moto Clube e Madureira e espera ser também aqui em Caruaru vestindo a camisa do Central Sport Club. Com 30 anos, Fabiano Tanque começa a conquistar a galera Alvinegra da Capital do Agreste. Se o gol ainda não saiu, mas o torcedor entende que ele tem raça e determinação e logo mais os gols irão sair com naturalidade. É apenas uma questão de tempo.

Fabiano Tanque carioca de São João do Meriti,  em entrevista exclusiva ao Blog Caruaru Agora fala da sua ansiedade em fazer o primeiro gol pela Patativa e da sua passagem em vários clubes brasileiros como o Criciúma, o Joinville, Cabofriense, Madureira e outros. Fabiano Tanque tem experiência internacional já que atuou também pelo Naval de Portugal.

No Nordeste, já passou pelo Moto Clube do Maranhão e revela que agora já está começando a se adaptar ao clima de Caruaru e principalmente ao ambiente que encontrou no elenco Alvinegro da Capital do Agreste.

Fabiano Tanque com quase dois metros de altura é a referência do ataque do Central nas bolas alçadas na área e também no toque de bola. Ele é a esperança de gols da galera Patativa e começa a ganhar a confiança do torcedor Alvinegro.

Domingo passado Fabiano Tanque enganou dois zagueiros do Sport e quando entrou na área, ficando cara a cara com o goleiro do Sport foi derrubado e o árbitro Luiz Cláudio Sobral não teve coragem de marcar o pênalti claro e indiscutível, prejudicando a equipe Alvinegra de Caruaru.

Ouça agora no áudio abaixo a entrevista completa com Fabiano Tanque que aguarda até com ansiedade a oportunidade de marcar os seus gols e ser feliz na Capital do Agreste...

segunda-feira, 2 de março de 2015

Pedro Manta: “Campeonato Pernambucano perdeu o brilho, sem a força do interior!!!”



O Hexagonal da Permanência chega na sua reta de definição. Amanhã teremos a realização da 7ª rodada com mais tres jogos e dependendo dos resultados deveremos ter um encaminhamento de algumas equipes que podem se manter na briga da permanência do Certame Estadual da próxima temporada. Só o Ypiranga tem chances muito remotas e irá torcer para acontecer "um milagre" para se manter na elite do nosso futebol.

Faltando quatro rodadas para o final do turno, doze pontos ainda estão em jogo para cada equipe. O Porto lidera com 13 pontos, seguido do Pesqueira com 10 que tenta se garantir na zona de classificação. Tres equipes com a mesma quantidade de pontos fazem um final de turno bem emocionante: Vera Cruz, Atlético Pernambucano e América  tem 08 pontos e embolam a terceira e quarta colocações. Se o Campeonato terminasse hoje estariam classificados, pela ordem: Porto, Pesqueira, Vera Cruz e Atlético Pernambucano. Sobrariam o América com 08 pontos e o Ypiranga que segura a lanterna com apenas 02 pontos ganhos.

A rodada de amanhã chama muito a atenção pelo que poderá acontecer com algumas equipes participantes. O torcedor vai ficar ligado nas emoções da 7ª rodada:  Vera Cruz X Atlético jogam no Carneirão em Vitória de Santo Antão; América X Porto atuam nos Aflitos; e o Pesqueira joga em casa no Joaquim de Brito diante de um Ypiranga desesperado.  Dois  jogos serão às 20h em seus respectivos locais. Já América x Porto atuam às 15h nos Aflitos.

A 6ª rodada realizada no último sábado (28) apresentou os seguintes resultados: O América venceu o Atlético nos Aflitos por 1 X 0; o Ypiranga perdeu em casa no Limeirão para o Porto por 4 X 2 e complicou sua vida no Certame e o Pesqueira empatou no Joaquim de Brito em 1 tento.



Em entrevista exclusiva ao Blog Caruaru Agora, o Técnico Pedro Manta do Pesqueira fala como se encontra a sua equipe e defende uma mudança radical nessa fórmula esdrúxula e deficitária para os clubes intermediários - que estão com o pires na mão - atualmente em disputa no Certame Estadual e afirma que o nosso Campeonato perdeu o brilho “sem a força do interior”. Defende que no Conselho Arbitral deste ano, seja aprovado o regulamento e na próxima temporada tenhamos as 12 equipes – inclusive os três grandes – todo mundo jogando entre si. Escute no áudio abaixo o Técnico do Pesqueira...

Central acaba com invencibilidade do Sport e quebra tabu de 13 anos.



Imagem: Diário de Pernambuco.
 
Com um gol de bola parada marcado por Madona aos 03 minutos do primeiro tempo na cobrança de uma falta em que a bola desviou em Wendel e entrou do lado direito da meta guarnecida por Danilo Fernandes, o Central Sport Club acabou com a invencibilidade do Sport no Certame Estadual desta temporada e ainda quebrou um tabu de não vencer o Sport em Caruaru que já havia 13 anos. 

A última derrota do time da Ilha, para a Patativa aqui em Caruaru aconteceu em 2002 quando o Central venceu por 2 X 1. Nesse período o Leão da Ilha conquistou 12 vitórias contra apenas 01 do Alvinegro e também 01 empate entre ambas as equipes. Se não bastasse tudo  isso, a supremacia rubro-negra também ficou configurada pelo massacre no número de gols marcados. O Leão balançou as redes da Patativa por 31 vezes enquanto só sofreu 11 tentos do ataque Alvinegro.

Com a vitória o Central também melhorou a sua pontuação no Campeonato, na medida em que se distanciou de Santa Cruz e Serra Talhada que estavam sendo vistos pelo retrovisor e agora estão há três pontos da Patativa. Por outro lado, mesmo sendo derrotado, o Sport continua líder do Hexagonal do Título com 15 pontos, 05 há mais que o Central que está na segunda colocação. Serra Talhada e Santa Cruz vem a seguir, ambos com 07 pontos.
Estes estão na zona de classificação. Náutico é o quinto tem 06 pontos e o Salgueiro segura a lanterna com 05.

Central X Sport fizeram um jogo bem disputado ontem no Luiz Lacerda, mas na verdade o time Alvinegro foi superior a equipe da Ilha. Aproveitou o fato de que o técnico Rubro-negro fez opção em jogar com o time reserva diante do Alvinegro. O Central fez o dever de casa e acabou proporcionando alegria pra o torcedor da Patativa. A partida foi válida pela 6ª rodada – jogo de volta - do Hexagonal do Título, que equivale ao 2º turno do Campeonato Pernambucano de 2015.

Na etapa complementar, o árbitro Luiz Cláudio Sobral prejudicou o Alvinegro de Caruaru quando deixou de marcar um pênalti claro e indiscutível em cima de Fabiano Tanque. O atacante do Central enganou dois marcadores do Sport e quando entrou na área foi derrubado. O árbitro apenas marcou a falta na meia lua da grande área.

Central ganhou atuando com Murilo, Fabinho, André Lima, Éverton e Madona; Nathan, Fernando Pires (Érick), Luiz Fernando (Sóstenes) e posteriormente (Jaílton) e  Thiago Laranjeira; Fabiano Tanque e Candinho. Técnico Laélson Lima.
O Sport foi derrotado com Danilo Fernandes, Ronaldo, Oswaldo, Henrique Mattos e Evandro(Victor); Danilo, Wendel e Régis; Felipe Azevedo, Élber (Mike) e Samuel (Ítalo). Técnico Eduardo Baptista.

Dirigiu o jogo com uma arbitragem manchada por não ter assinalado o pênalti em cima de Fabiano Tanque, o árbitro Luiz Cláudio Sobral auxiliado por Clóvis Amaral que também falhou na marcação do pênalti e Fernanda Colombo Uliana.
Na próxima rodada o Central vai a Arena Pernambuco no próximo domingo (08) enfrentar o Náutico enquanto que o Sport jogará no Sertão quando enfrentará o Serra Talhada no estádio Nildo Pereira. Jogos válidos pela 7ª rodada do returno do Hexagonal do Título.

Após o jogo o técnico do Sport Eduardo Batista analisou desta forma o resultado negativo da sua equipe ontem aqui em Caruaru...