LEIAM OS NOSSOS BLOGS

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Hospital Dom Moura ganha primeira UTI e urgência odontológica

A Terapia Intensiva habilita a unidade como hospital-escola para estudantes de saúde.

 
O governador Eduardo Campos, acompanhado do secretário Antonio Carlos Figueira, inaugurou, na tarde do último sábado (14/07), uma UTI e uma emergência odontológica no Hospital Dom Moura.  Essa é a primeira UTI pública de todo o Agreste Meridional, e será referência para 21 municípios da região, onde residem 540 mil pessoas.

A unidade conta com 10 leitos para adultos e,  em obras e compras de equipamentos de última geração, foram investidos R$ 3,2 milhões. Para abrir o setor, foram contratados sete médicos intensivistas, 12 enfermeiros, 18 técnicos, 4 fisioterapeutas, 1psicólogo e 1 nutricionista. “Poderemos dar, com isso, maior assistência especialmente aos acidentados de moto. E também reduziremos as remoções e deslocamentos de ambulâncias para o Recife”, explicou a diretora, Maria Emília Pessoa.  “Com a estrutura, uma exigência paraque a unidade seja credenciada como hospital-escola, o Dom Moura poderá formar, com qualidade, estudantes de medicina e outras áreas de saúde que ingressarão no Campus da UPE em Garanhuns”, lembrou o secretário. Os novos leitos começaram a receber pacientes desde ontem.

 

Ainda no Hospital, foi aberto para atendimento, logo após o descerramento da placa, a urgência odontológica. No local, serão tratadas dores de dente, problemas periodontais (gengiva), alterações na mucosa da cavidade oral, dores nas articulações bucais e problemas decorrentes de acidentes e violência (traumas leves). Os casos de rotina (não de urgência) devem ser tratadosem postos de saúde ou com as equipes de Saúde da Família. Já os casos graves, como traumas, podem ser encaminhados às grandes emergências. Atualmente, já oserviço já está implantado nas UPAs do Curado, Olinda, Paulista e EngenhoVelho, e nos hospitais regionais de Limoeiro, Palmares, Serra Talhada eSalgueiro.

Assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual de Saúde.

Um comentário:

  1. http://safreire.blogspot.com/2012/03/eleicoes-simepe-nota-publica.html acesso no dia 13-03-2012

    http://secao1.blogspot.com.br/2012/03/superintendente-do-imip-pe-pode-ser.html

    Uma “organização social” (OS) privada, das maiores do Brasil, que hoje tem contrato bilionário com o governo de Pernambuco e se expande por outros estados. Será que ela quer substituir o SUS?

    Parece que estamos diante de mais um capítulo da história da privatização na saúde.

    ResponderExcluir