LEIAM OS NOSSOS BLOGS

sábado, 18 de junho de 2011

Quadrilha é presa após arrombar caixa eletrônico em Limoeiro

Parte do material apreendido pela PM / Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Parte do material apreendido pela PM

Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Com eles foram encontrados R$ 80 mil além dos equipamentos para o arrombamento.

Quatro homens foram presos na noite da última sexta-feira (17), após assaltarem a agência do banco Santander em Limoeiro, Agreste do Estado. Os homens detidos foram identificados como Alexandra santos Lima, 31 anos, Marcos de França, 41 anos, Alfredo Miguelângelo Laganaro, 33 anos e Fabrício Silva Lopes, 28 anos.

Com eles foram apreendidos R$ 80 mil, um netbook, sete cartões bancários, três relógios, duas folhas de cheque no valor de R$ 500 cada, duas furaddeiras profissionais, 25 brocas de variadas espessuras, oito aparelhos celulares, um veículo Honda Civic de cor preta placa HXX-1070, um veículo prima de cor prata placa NUZ-6237, um alicate de bico fino, duas chaves de fenda, cinco broxas tipo copinho, uma vareta de iluminação artesanal e um pincel.

Segundo a polícia, uma equipe estava realizando ronda de rotina, quando observaram uma movimentação estranha no interior do banco e prenderam dois dos acusados no local. Eles estavam com um netbook e uma bolsa com o dinheiro. Os outros dois suspeitos, que estavam em um veículo próximo ao banco, fugiram em seguida, mas foram alcançados pela PM. No interior do carro, estavam duas furadeiras utilizadas para assaltar o caixa eletrônico.

Ainda de acordo com a polícia, os bandidos furavam o caixa eletrônico e, no furo, inseriam um cabo que era ligado em um netbook e, através de um programa, todas as notas do caixa eram liberadas. Na delegacia, os quatro acusados — três de São Paulo e um do Ceará — disseram que chegaram à cidade de Limoeiro por volta das 18h e começaram a analisar os bancos existentes no local para iniciar a ação. Eles foram levados para a Delegacia de Roubos e Furtos do município, onde foram autuados pelos crimes de furto e formação de quadrilha.

Do JC Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário